leclerc.jpg
iesfafe-01.jpg
Image1.jpg
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
LOGO SITE.png
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo_Hermotor Quadrado preto.png
VACINAS SITE.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
logo faftir site.jpg
  • Armando César

GT3 Cup: Fafense Carlos Vieira vence 2ª corrida em Valência, Espanha

A Porsche GT3 Cup realizou este fim de semana em Valência, Espanha, a segunda jornada desta competição monomarca. O grande dominador desta competição, o fafense Carlos Vieira, alcançou uma vitória na segunda corrida, obtendo um positivo segundo lugar na primeira, já que problemas numa pinça de travão do seu Porsche, não lhe permitiram ir mais além.


Corrida 2: Vieira intocável

O fafense Carlos Vieira esteve verdadeiramente intocável, na tarde deste domingo, na

segunda corrida da GT3 Cup no circuito espanhol de Valência, ao largar da ‘pole

position’ e receber a bandeira xadrez com uma diferença de 20.437s para Ricardo

Costa, que nas últimas voltas conseguiu superar Vasco Barros e conquistar a segunda

posição.

Esta segunda corrida da jornada 2 da GT3 Cup na pista valenciana foi bastante mais

“calma” que a anterior, com Vieira a destacar-se muito rapidamente da concorrência

para fazer uma prova solitária, enquanto atrás de si Vasco Barros (vencedor da corrida

anterior) ganhava vantagem sobre Ricardo Costa. Contudo, a verdade é que não

conseguiu mantê-la, embora voltasse, como sucedera umas horas antes, a subir ao

pódio.

Colocando-se muito bem desde a largada, Francisco Cruz logrou cavar uma

diferença consistente e destacar-se tanto de Luís Herrera como de João Parreira, as

duas principais “figuras” da categoria GD e que tinham mais atrás Miguel Caetano.

Parreira repetiu, com todo o mérito, o triunfo da primeira corrida e Herrera voltou a

subir ao pódio. Na categoria AM, Ricardo Costa, segundo classificado absoluto, não

deu hipóteses ao já referido Francisco Cruz.

Corrida 2 (classificação oficiosa)

1º, Carlos Vieira (AM+), 25.29.195

2º, Ricardo Costa (AM), + 20.437s

3º, Vasco Barros (AM+), + 27.627

4º, Francisco Cruz (AM), + 53.117

5º, João Parreira (GD), + 59.857

6º, Luís Herrera (GD), + 1.10.649

7º, Miguel Caetano (GD), + 1.32.777

8º, Nuno Mousinho (GD), + 1.38.713

9º, Álvaro Ramos (GD), a 1 volta

10º, Leandro Martins (AM), a 1 volta

11º, João Vieira (GD), a 2 voltas

12º, André Fernandes (AM), a 4 voltas




Problema na pinça dos travões relega Carlos Vieira para o segundo lugar na primeira corrida


O jovem Vasco Barros estreou-se no lugar mais alto do pódio da GT3 Cup, ao

vencer, na manhã deste domingo, a primeira corrida da segunda jornada da

competição, no circuito espanhol de Valência, com uma diferença de 3.573s face ao fafense Carlos Vieira, o piloto que tem dominado o troféu dos Porsche 991 e largara do

primeiro lugar da grelha.

Numa corrida bastante animada, em termos competitivos, Vieira liderou desde a

partida, mantendo o primeiro lugar quase até ao fim, acabando por ser ultrapassado

pelo piloto da Lob Motorsport a quatro voltas do fim. Na fase inicial, até à entrada do

safety car, motivada pelo despiste de André Fernandes (ficou “preso” na gravilha), que

esteve duas voltas em pista, Barros e Ricardo Costa secundaram Carlos Vieira, mas no

recomeço da corrida João Parreira conseguiu ascender ao segundo lugar. O líder

indiscutível da categoria GD manteve essa posição durante algum tempo, mas acabaria

por não resistir ao forte ataque de Vasco Barros.

Surpreendente na qualificação, Ricardo Costa rodou entre os primeiros no início da

corrida, mas depois da saída do safety-car, que praticamente agrupara o pelotão dos

Porsche 911, e com os sucessivos despiques, e alguns pequenos “toques” no calor da

luta pelas melhores posições, ficou para trás.

Em plano de destaque, protagonizando uma corrida muito certinha, esteve

Alexandre Martins, o vencedor da categoria AM, sendo de destacar, igualmente, o

desempenho de Nuno Mousinho, que soube evitar “confusões” para concluir na quinta

posição absoluta, o seu melhor resultado de sempre na GT3 Cup, e segundo da

categoria GD, à frente de Luís Herrera, que fez uma corrida de trás para a frente para

chegar ao pódio na sua categoria.

Corrida 1 (classificação oficiosa)

1º, Vasco Barros (AM+), 23.40.373

2º, Carlos Vieira (AM+), + 3.573s

3º, João Parreira (GD), + 4.760

4º, Alexandre Martins (AM), + 5.123

5º, Nuno Mousinho (GD), + 6.519

6º, Luís Herrera (GD), + 7.069

7º, João Vieira (GD), + 7.619

8º, Miguel Caetano (GD), + 8.277

9º, Álvaro Ramos (GD), + 9.163

10º, Leandro Martins (AM), + 10.724

11º, Ricardo Costa (AM), + 11.449

12º, Diogo Rocha (AM), a 3 voltas