top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Município de Fafe implementa projeto piloto no Bairro da Cumieira na arte da tecelagem

O Município de Fafe tem em implementação um projeto piloto na área da tecelagem, designado «a oficina TRAMA» que tem como base de trabalho a comunidade residente no Bairrro da Cumieira. A iniciativa está a ser desenvolvida e acompanhada pelo GAB - Gabinete de apoio ao Bairro - , que reúne uma equipa técnica de apoio social.


Esta ação tem como objetivo incrementar a empregabilidade, auto-emprego ou aproveitar a oportunidade para desenvolvimento de projetos individuais de artesanato, enquanto domínio de ativação social.

Esta oficina permite a revitalização de uma arte com potencial na produção de materiais diferenciados de valor acrescentado e design exclusivo, estruturado em saberes artesanais e heranças culturais.

Sob a mentoria de Cristina Cunha, já com experiência vasta na vertente social e comunitária, o projeto conta com aparticipação de 10 moradoras do Bairro da Cumieira, e será desenvolvido por um período de seis meses.

A arte, a inovação e a criatividade são o mote deste projeto que aposta na revitalização do ofício tradicional da tecelagem, desenvolvendo novos produtos com potencial comercial e recurso a resíduos industriais e reutilização de materiais.


Para o desenvolvimento desta oficina tem sido fundamental a articulação estreita com o tecido empresarial, realçando-se as empresas Ramiro & Carvalho Lda,  J.B.Castro -Fafe e Grupo TAbel, que facilitam a cedência de maquinaria e materiais.

O Bairro da Cumieira, que foi alvo de um processo recente de requalificação do edificado, dispõe de uma estrutura de apoio permanente à comunidade residente, contando com o GAB e o Projeto EI!, como principais interventores, sob dinamização e coordenação técnica do Município de Fafe. Para além da integração da comunidade, a colaboração entre instituições e a ação positiva junto das pessoas, são desenvolvidas estratégias e ações de trabalho promotoras da interculturalidade e participação cívica, geradoras da igualdade de oportunidades e coesão social no território, sem esquecer a inclusão social de crianças e jovens provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis.

Comments


bottom of page