top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Obra de José Rui Rocha, Prémio Soledade Summavielle, apresentada sábado na Biblioteca Municipal

No próximo sábado, dia 6 de Maio, às 16H00, na Biblioteca Municipal de Fafe, o Núcleo de Artes e Letras de Fafe e a Editora Labirinto realizam a sessão de entrega da terceira edição do Prémio de Poesia Soledade Summavielle, seguida do lançamento da obra vencedora: ‘ortóptica’, um poemário de José Rui Rocha.

Com apresentação de Pompeu Miguel Martins, ‘ortóptica’ é o segundo livro de poesia assinado por José Rui Rocha, residente em Fafe.

Também o livro anterior, com chancela da Labirinto, se viu distinguido com uma Menção Honrosa no Prémio Internacional de Poesia Victor Oliveira Mateus 2019.

Licenciado em Música, com pós-graduação em Estudos Literários pela Faculdade de Letras do Porto, José Rui Rocha tem obra poética publicada em diversas antologias e revistas literárias.

É director de diversos projectos artísticos: do cinema à música, passando pelo teatro.

O Prémio de Poesia Soledade Summavielle, destinado a obras originais e inéditas, tem como objectivos primordiais a valorização da expressão literária, o estímulo à criação poética e, em especial, o propósito de homenagear, promover e divulgar este género maior da Literatura Portuguesa, assim como lembrar e preitear postumamente a consagrada poetisa fafense Soledade Summavielle (1907-2000), nome maior das letras desta região e do próprio país.

Nas edições anteriores, foram vencedoras as obras poéticas Árvore Genealógica, de Paulo Assim, editada em 2014 e O rosto das metáforas, de Jorge Paulo, publicada em 2019, ambas em edição conjunta do Núcleo de Artes e Letras e da Labirinto.



Comments


bottom of page