leclerc.jpg
iesfafe-01.jpg
Image1.jpg
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
LOGO SITE.png
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo_Hermotor Quadrado preto.png
VACINAS SITE.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
logo faftir site.jpg
  • Armando César

Onda de calor prevista para os próximos dias

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê para esta fim de semana muito calor, com as temperaturas a poderem chegar aos 40º.

Nesse sentido ficam algumas recomendações das autoridades de saúde.


A exposição ao calor intenso, em especial durante vários dias consecutivos, pode obrigar a cuidados médicos de emergência, decorrentes de diversas perturbações no organismo, designadamente:

• Golpes de calor

• Esgotamento devido ao calor

• Cãibras

• Aumento da sobrecarga cardiovascular

• Agravamento de doenças crónicas

• Lesões da pele: erupção, eritema, queimaduras solares

• Problemas psicossomáticos: fadiga térmica

• Problemas psicológicos: incomodo, mal-estar, irritabilidade.



Medidas Preventivas

Para se proteger dos efeitos do calor intenso na saúde mantenha-se informado, hidratado e fresco.

Neste contexto de temperaturas elevadas, a Direção-Geral da Saúde recomenda:

  • Beba água ou sumos de fruta natural, mesmo quando não tem sede, e evite o consumo de bebidas alcoólicas;

  • Faça refeições frias, leves e coma mais vezes ao dia;

  • Utilize roupa larga, que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção UVA e UVB;

  • Mantenha-se em ambientes frescos arejados, pelo menos 2 a 3 horas por dia;

  • Evite a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas;

  • Utilize protetor solar, com fator igual ou superior a 30 e renove a sua aplicação de 2 em 2 horas e após os banhos na praia ou piscina;

  • Evite atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior;

  • Se trabalhar no exterior, hidrate-se frequentemente, proteja-se com roupa larga e chapéu e trabalhe acompanhado porque em situações de calor extremo poderá ficar confuso ou perder a consciência;

  • Escolha as horas de menor calor para viajar de carro e não permaneça dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;

  • Tenha especial atenção com os doentes crónicos, grávidas, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida;

  • Se está grávida modere a atividade física, evite a exposição direta ao sol e ingira frequentemente líquidos;

  • Assegure que as crianças consomem frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado. As crianças com menos de 6 meses não devem estar sujeitas a exposição solar, direta ou indireta;

  • Contacte e acompanhe os idosos e outras pessoas que vivam isoladas. Assegure a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado;

  • Se é doente crónico, ou está sujeito a terapêuticas e/ou dietas especificas, siga as recomendações do seu médico assistente ou do Centro de Contacto do SNS 24: 808 24 24 24;

  • No período de maior calor, corra as persianas ou portadas. Ao entardecer deixe que o ar circule pela casa;

  • Se estiver num espaço público climatizado, proteja-se, use sempre máscara e mantenha a distância física.

  • Mantenha-se informado quanto às previsões meteorológicas e siga as recomendações da Direção-Geral da Saúde;

  • Em caso de emergência ligue 112

  • Para mais informações ligue para o Centro de Contacto SNS24: 808 24 24 24.