top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Parcídio Summavielle suplanta dificuldades e conquista mais um pódio em Mesão Frio

Parcídio Summavielle e Jorge Oliveira levaram o Renault Clio R3 Maxi da MNE Sport ao 2º lugar nas contas do Campeonato Start Norte de Ralis, na 12ª edição do rali de Mesão Frio. A dupla fafense chegou a liderar, mas problemas no motor do carro francês forçaram um andamento mais conservador na segunda parte da prova.



Na retina ficou o andamento endiabrado de Summavielle, que o levou a estar desde o primeiro quilómetro entre os protagonistas de um duelo épico pela supremacia no Start Norte de Ralis. Parcídio chegou ao comando desta refrega após vencer a 3ª PEC, que fechou a sessão matinal de domingo, derradeiro dia da prova disputada nas Portas do Douro.

Só que, logo de seguida e quando se preparavam para dar tudo na seção vespertina final, Parcídio Summavielle e Jorge Oliveira perceberam que o motor estava a aquecer e a perder rendimento, levando-os de imediato a entrar em modo “sobrevivência”, reduzindo o andamento, abdicando da discussão do triunfo, mas garantindo um precioso 2º lugar, que pode ser muito importante nas contas finais do campeonato.



“Terminar em segundo é positivo. Sobretudo porque é um resultado alcançado apesar dos problemas mecânicos que sentimos desde a quarta especial. Infelizmente sucedeu e logo quando tínhamos passado para a liderança do Start Norte. Fomos assim forçados a mudar a forma de conduzir, a optar por um ritmo mais conservador, para conseguir preservar o motor e acabar o rali”.

Parcídio Summavielle reconheceu ainda que “sabe a pouco, mas, paralelamente, sabe a muito, pois era muito importante pontuar forte neste rali. A equipa técnica da MNE Sport fez um trabalho espetacular. Gostei imenso do traçado do rali, não cometi erros e agora resta aguardar pelo rali de Montelongo, onde faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para ganhar!”



Por seu lado, José Carlos Magalhães, responsável máximo da estrutura não escondia o orgulho na prestação do piloto fafense: “Saboreamos mais uma brilhante exibição do Parcídio, muito bem navegado pelo Jorge. Infelizmente, com o muito calor, o carro tece alguns problemas, sobretudo na parte final da prova, forçando o nossos piloto a fazer uma

condução mais conservadora, trocando de caixa mais cedo e protegendo o motor, que acusava uma temperatura muito acima do normal. Sabemos que não é nada de grave, mas a precaução impunha-se, mesmo sendo custado uma vitória que, pelo andamento demonstrado, poderia ter acontecido. Mas, parabéns ao Filipe Teixeira pelo triunfo, pois também andou muito bem”.



O líder da MNE Sport foca já no “trabalho que vai ser feito com todo o cuidado para colocar o Clio perfeito, pois queremos que ir para Montelongo, no rali caseiro do Parcídio, com todas as condições para que ele lute pela vitória!”.

O Rally Montelongo 2023, organizado sob a batuta do Demoporto, decorrerá de 8 a

10 de setembro.


Texto e fotografias: VMotores

Commentaires


bottom of page