top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Rali Terras D´Aboboreira: Mário Castro no pódio do CPR

Mário Castro, o fafense que acompanha o piloto famalicense Pedro Almeida no campeonato de Portugal de Ralis (CPR), subiu ao pódio do Rali Terras D´Aboboreira, que se realizou no passado fim de semana nos concelhos de Amarante, Baião e Marco de Canavezes.


Grande rali da dupla Pedro Almeida e Mário Castro

A dupla do Skoda conseguiu um terceiro lugar num rali difícil e que foi realizado sob condições meteorológicas adversas. A vitóriano CPR na estrada pertenceu ao inglês Kris Meeke em Hyundai i20, no segundo posto ficou Armindo Araújo em Skoda, com Pedro Almeida e Mário Castro a averbarem um excelente terceiro lugar.


Mário Castro, o segundo a contar da direita, averbou um excelente terceiro lugar neste regresso à competição

O navegador fafense deixou um balanço deste seu regresso ao campeonato, após paragem devido a uma lesão, nas suas redes sociais: " Este meu regresso ao CPR foi sem dúvida muito bom.

Bom porque não senti qualquer mazela da lesão que me obrigou a um interregno, mas especialmente bom porque conseguimos terminar no pódio do CPR.

Tivemos de fazer um rali em crescendo porque no primeiro dia apanhamos a parte final da especial já muito degradada com a muita chuva, nevoeiro e lama e foi impossível imprimir o ritmo que desejáva-mos.

Já no segundo dia fomos fazendo o nosso rali sempre a procurar andar cada vez mais depressa e conseguimos fazê-lo mesmo que pelo meio ainda tivéssemos tido dois furos. Um furo lento na especial de Amarante 2 e depois na power stage chegamos ao final mesmo sem pneu. Contas feitas terminamos no pódio. Um resultado que me deixa muito feliz, mas mais ainda por ter sido o primeiro pódio do Pedro, resultado que ele já merecia."


Gonçalo Cunha navegou neste rali Gonçalo Henriques, no Renault Clio de duas rodas motrizes, mas o desfecho não foi o melhor, acabando a dupla, onde está incluído o fafense, por abandonar na power stage, a última classificativa do rali, devido a um toque.


Gonçalo Henriques e o fafense Gonçalo Cunha não guardam boas recordações deste Rali Terras D´Aboboreira

Os outros fafenses que estiveram presentes na prova, Manuel Pereira e Pedro Magalhães, em Peugeot 208, não terminaram o rali por indisposição.


Uma indisposição na equipa colocou um ponto final na prova da dupla fafense Manuel Pereira e Pedro Magalhães


Pedro Meireles e o fafense Ricardo Cunha, no Hyundai i20, desistiram da prova, não tendo arrancado para o segundo dia de competição, devido também a uma indisposição do piloto vimaranense. A dupla resistiu bem às adversidades às adversidades do primeiro dia, tendo terminado no sexto lugar do CPR, não tendo sido possível a continuidade, fica o bom andamento demonstrado.


Pedro Meireles e o fafense Ricardo Cunha não chegaram ao fim do rali


Outro fafense que não logrou chegar ao fim foi Pedro Santana, que acompanhava João Andrade no Peugeot 208. A dupla revelou uma vez mais um excelente andamento mas um toque, na terceira classificativa, que danificou uma roda traseira acabou com as aspirações de fazer um bom resultado, obrigando mesmo ao abandono.



João Andrade e Pedro Santana acabaram por ser vitimas do piso demasiado traiçoeiro do rali.


Veja o resumo do rali, imagens da AsportZ:




Comentarios


bottom of page