leclerc.jpg
iesfafe-01.jpg
Image1.jpg
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
LOGO SITE.png
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo_Hermotor Quadrado preto.png
VACINAS SITE.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
logo faftir site.jpg
  • Armando César

Solans vence, "Super" Armindo foi segundo e o fafense Mário Castro é quinto entre os portugueses

A dupla espanhola Nil Solans/Marc Marti (VW Polo GTi R5) sagrou-se, este domingo, vencedora do Rally Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira e Boticas, prova de abertura do Campeonato da Europa (FIA ERC), por uma diferença de 55,7s para os portugueses Armindo Araújo e Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo) que protagonizaram um desempenho brilhante com a conquista do segundo lugar na última classificativa.

Solans, que partiu para este último e decisivo dia da competição organizada pelo Demoporto com uma margem confortável (1m 44,4s) face a Linnamane para as oito classificativas (85,42 km) do programa controlou os “movimentos” dos adversários mais diretos, entre os quais figurava Araújo, o português melhor classificado e que no sábado vencera destacado a primeira prova do Campeonato de Portugal de Ralis. Apenas 15,3 s separavam o segundo do terceiro classificado e o piloto do Skoda nunca baixou os braços, para na última classificativa (Power Stage) surpreender o piloto estónio do VW Polo e ascender ao segundo lugar por uma vantagem de 3.8 segundos. Pelo segundo ano consecutivo, Armindo Araújo e Luís Ramalho terminam no pódio a prova do Europeu de Ralis em Fafe.

A derradeira classificativa do rali e também Power Stage (segunda passagem por Lameirinha) não ficará, certamente, no livro de boas recordações de Simone Tempestini (Skoda Fabia Rally2 Evo) e de Norbert Herczig (Skoda Fabia Rally2 Evo). O primeiro, que tinha na mão o quinto lugar, despistou-se e abandonou, enquanto Herczig, então sétimo classificado, desistiu na ligação para o início daquela classificativa.

Entre as equipas nacionais que disputaram, neste Rally Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira e Boticas, a jornada do Europeu (sábado e domingo), mais duas terminaram no “top ten”: Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20 N Rally2), no sexto lugar, e José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rallye 2), no oitavo.

Destaque para a excelente prestação da dupla Pedro Almeida e o fafense Mário Castro em Skoda Fábia, foram décimos primeiros classificados e quintos entre os portugueses.


CLASSIFICAÇÃO FINAL (Oficiosa)

1º, Nil Solans/Marc Marti (VW Polo GTi R5), 2h01m13,9s

2º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally 2 Evo), a 55.7s

3º, Georg Linnamae/James Morgan (VW Polo GTI R5), a 59.5

4º, Javier Pardo/Adrián Perez (Skoda Fabia Rally Evo), a 2m56.3s

5º, Alberto Battistolli/Simone Scattolin (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 3.32.7

6º, Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20N Rally2), a 6.53.3

7º, Martins Sesks/Renars Francis (Skoda Fabia Rally Evo), a 8.55.3

8º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Raly2), a 9.24.7

9º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 9.29.5

10º, Miklos Csomos/Attila Nagy (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 9.58.6

11º, Pedro Almeida/Mário Castro (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 10.19.2

12º Efren Llarena/Sara Fernandez (Skoda Fabia Rally 2 Evo), a 11.33.8