leclerc.jpg
iesfafe-01.jpg
Image1.jpg
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
LOGO SITE.png
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo_Hermotor Quadrado preto.png
VACINAS SITE.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
logo faftir site.jpg
  • Armando César

Travassós festeja Nossa Senhora das Graças

Com a chegada do mês de Agosto, a Comunidade Paroquial de São Tomé de Travassós enche-se de festa honrando Nossa Senhora das Graças na capela a ela dedicada. As festividades iniciam, anualmente, no primeiro domingo de Agosto e estendem-se ao longo do mês, com principal incidência no penúltimo e último domingo de Agosto.


Pelo segundo ano consecutivo a pandemia deitou por terra a possibilidade de as festividades terem um cariz mais popular e recreativo, contudo haverá o brilho e o louvor à protagonista das festividades, Nossa Senhora, Mãe de Jesus e Nossa Mãe.


No dia 1 de Agosto (Domingo) pelas 18 horas haverá a recitação do Rosário e Hastear da bandeira graças à Comissão de Festas que assumiu as festividades. A tradicional novena, seguida de missa com sermão decorre de 20 a 28 de Agosto pelas 18 horas (excepto a 22 de Agosto em que a Eucaristia se celebra às 10 horas, e a novena às 18 horas).


A 27 de Agosto pelas 21h30 haverá uma Vigília (convidando-se a que cada um incorpore a mesma de vela acesa), recitando-se o santo rosário e com sermão junto da Capela. No final da Vigília haverá a bênção de uma imagem de Nossa Senhora das Graças oferecida pela Comissão de Festas 2021. No dia 28 de Agosto haverá uma sessão de fogo de artifício às 12 horas.


No dia principal das festividades, 29 de Agosto, o programa consta: às 8 horas haverá uma Salva de Morteiros, pelas 10 horas realiza-se a Eucaristia Solene de Festa em Honra de Nossa Senhora das Graças, às 18 horas há uma celebração Mariana e às 19 horas, sessão de fogo de artifício seguido do encerramento das festividades.

A Comissão de Festas 2021 esclarece a população que “devido à pandemia e às recomendações da Direção Geral de Saúde, as festividades não se realizarão segundo o que estava planeado”, acrescentando que “se compromete a fazer o possível, tendo em conta as restrições que nos são impostas” e “pedindo a compreensão e colaboração de todos”.


Texto: Diogo Antunes