top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
pub site.png
FAFETV-1000X500PXS_1000x500pxs-02.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
358076610_576253454714813_52943724004093

100 anos do Teatro Cinema de Fafe celebrados com música, teatro, dança e humor

O programa cultural para assinalar a celebração do Centenário do Teatro Cinema de Fafe foi anunciado, esta quarta feira, na sessão solene evocativa da efeméride. O programa envolve uma série de eventos  de música, canto, dança, cinema, teatro, conferências, exposições, visitas guiadas, arte digital, nas suas múltiplas expressões e géneros, abraçando públicos de todas as idades – dos recém-nascidos aos maiores de 90 anos.

O programa  procurará trabalhar os públicos, cultivar o interesse pela preservação viva do Teatro Cinema enquanto património edificado e atrair visitantes (e público) a Fafe.

O fadista Camané deu o mote para as celebrações dos 100 anos do Teatro Cinema, seguindo-se, neste fim de semana, o primeiro ato da ópera Carmina Burana, com o espetáculo “Primo Vere”, pela Academia de Música José Atalaya e Escola Bailado de Fafe. O músico e cantautor fafense Valter Lobo sobe a palco a 20 de janeiro para apresentar o seu projeto mais recente “Primeira Parte de um Assalto”, e Pedro Tochas traz o humor, com o espetáculo “Escolhas”, dia 27 de janeiro.

Lena d’Água abre a programação de fevereiro, dia 3, seguindo-se o espetáculo de humor “Não estavas capaz, não vinhas”, de Ana Arrebentinha, no fim de semana seguinte. Os atores Benedita Pereira e Tomás Alves trazem a Fafe a peça de teatro  “Pulmão – Uma história de amor”, no dia 17, e a banda Papercutz ensemble apresentará o concerto “So Far So Fading”, de música pop eletrónica, com orquestra e projeção digital.

O mês de março abre com música erudita, a cargo dos Pluris Ensemble, no dia 2. O ciclo “Os Bebés vão ao Teatro” inicia-se no dia 9, prolongando-se ao longo do ano em várias sessões de teatro destinadas à participação das famílias. Nos dias 16 e 17 de março, convergindo com a efeméride de nascimento de Camilo Castelo Branco, o Teatro Passos d’Alegria apresenta, a peça "O Morgado de Fafe em Lisboa". Ricardo Castro e Ricardo Carriço sobem a palco com o teatro de comédia “Monólogos do Pénis”, no dia 22, e David Fonseca apresenta-se em concerto, no dia 30, com a tour dos 25 anos de carreira.

Abril começa com o humor de Beatriz Gosta, com o seu espetáculo de stand-up comedy ‘Resort’, no dia 5. O Coral Santo Condestável apresenta o habitual Concerto de Primavera, no dia 13. O projeto “Anónimos de Abril”, com José Fialho, Rogério Charraz, Joana Alegre e Júlio Resende sobe a palco dia 19. A Escola Bailado de Fafe e a Academia de Dança Nun’Álvares celebram o mês da dança, com workshops e espetáculos, e a Comissão Local para as Comemorações do Cinquentenário do 25 de Abril comemora o mês da Liberdade, com conferências, música, teatro, publicações e artes. Teresinha Landeiro apresenta, no dia 20, o seu fado contemporâneo com o concerto “Para dançar e para chorar”.

A 4 de maio,o ator António Capelo sobe a palco com o monólogo dramático “Ninguém”.  A ópera Carmina Burana regressa para o segundo momento no dia 10, pela Academia de Música José Atalaya e Escola Bailado de Fafe. No dia 11 realiza-se um concerto de música pop nacional com Lena, e a 25 de maio o Teatro Cinema de Fafe acolherá a Gala dos Portugueses de Valor, numa organização da Lusopress e que prevê a participação de cerca de 3 centenas de portugueses espalhados pelo mundo.

“Pato de Ganso” de Pedro Teixeira da Mota dá o mote para o mês de junho com o espetáculo de humor, no dia 1. O ator Ruy de Carvalho regressa a Fafe, dia 8, com a comédia dramática “História Devida”, e o Teatro Vitrine apresenta o Fafencena, no dia 15.

 João Baião atua em setembro com o espetáculo “Feliz Aniversário”, no dia 13. Para setembro está programado um fim de semana dedicado ao cinema, com programação a articular com o Cineclube de Fafe, e para os dias 20 a 22 de setembro, A acabar o mês, o Teatro Cinema acolhe o segundo espetáculo do ciclo “Os Bebés vão ao Teatro”, no dia 28.

No mês em que se assinalam os 25 do falecimento de Amália Rodrigues o ator Virgílio Castelo apresenta o monólogo dramático “O Homem da Amália” (5 de outubro). A ópera Carmina Burana volta a ser tema, num ciclo de sessões e debates sobre o projeto desenvolvido pela Academia de Música José Atalaya e Escola Bailado de Fafe. Está prevista a atuação dos Moonspell que trazem o  heavy metal ao palco do Teatro Cinema de Fafe, com a digressão acústica “Sombra”. O ciclo do programa Fafencena prossegue com peças nos dias 19 de outubro e 16 de novembro, mês que conta ainda com o Concerto de Aniversário do Grupo Nun’Álvares.

No mês de dezembro estão programados concertos com Marisa Liz (dia 7), Miguel Araújo (dia 13) e António Zambujo (dia 21). A última sessão do ciclo “Os Bebés vão ao Teatro” (dia 14) e o espetáculo final da ópera Carmina Burana, pela Academia de Música José Atalaya e Escola Bailado de Fafe - que terá lugar no Multiusos de Fafe, no dia 10,  completam uma agenda anual repleta e intensa. A Cercifaf encerra a programação, com um espetáculo de Natal, a realizar no dia 22 de dezembro.


Texto e fotografia: Município de Fafe



Comments


bottom of page