leclerc.jpg
iesfafe-01.jpg
Image1.jpg
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
LOGO SITE.png
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo_Hermotor Quadrado preto.png
VACINAS SITE.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
logo faftir site.jpg
  • Redação

Homicídio da "Petras": Alegado homicida vai ser extraditado


Um dos alegados autores do homicídio do posto de abastecimento da via circular, crime que ocorreu em 2009, foi detido no Brasil e vai ser agora extraditado.


Rogério Moniz é acusado de matar o ex-patrão, num crime que ocorreu em 2009, no posto de abastecimento conhecido por "Petras", O suspeito foi capturado no ínicio do ano no estado de Pernambuco no Brasil, é é um dos suspeitos de ter morto o ex-patrão com um bloco de cimento.

Segundo informação veicula pelo Jornal de Notícias, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal homologou a declaração em que concorda com a extradição para Portugal.

Rogério Moniz é acusado dos crimes de homicídio qualificado, roubo e furto qualificado, alegadamente praticados em março de 2009, em Santo Ovídio, Fafe.

A vítima foi o empresário António de Castro Lopes, ex-patrão de Rogério Moniz e de um outro arguido, Eduardo Oliveira, que até finais de janeiro de 2009 foram seus funcionários no posto de abastecimento da Repsol, na Via Circular, em Santo Ovídio.