Direitos reservados. A publicação de conteúdos deste site, impressa ou online, sem autorização, está sujeita a sanções legais.

EMAIL: fafetvtemporeal@gmail.com

CONTACTO: 966301409  

Fafe Tv ©2019

leclerc.jpg
municipio frafe 08.2018.png
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
iesfafe-01.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
Image1.jpg
LOGO JORGE PINHEIRO SITE.jpg
  • Redação

O Teatro está de regresso aos Restauradores da Granja



"A Farsa" estreia na noite desta quinta-feira no Auditório dos Restauradores da Granja, a partir das 22 horas.

Num Mundo de completa loucura e de grande velocidade, onde parar para pensar é “quase” proibido, onde o tempo não tem tempo para o tempo… Contrariando o “tempo”, o Grupo Cultural e Desportivo Restauradores da Granja (Fafe) relança o teatro na sua coletividade, através do “TEATRO VERSÁTIL”, um grupo dedicado, que parte à descoberta da representação e ficção. Será o início de um novo ciclo cultural que se pretende duradouro, da responsabilidade de Julieta Fernandes.

“A Farsa” – Comédia

Madame BITUCU, uma mulher comum, apaixonada, alcoólica e que sofre por amor, é uma vigarista sabidola que se afirma vidente e arrecada verdadeiras fortunas a enganar as suas clientes, na maioria, endinheiradas. Azedruveda Lacaia e Relufa Pingona são duas amigas dondocas, a primeira, brasileira, com o vício do jogo, que “caçou” um marido rico e se inseriu assim na alta sociedade, a outra “sangue azul” de gema, cheia de tiques e não me toques, mas tontinha e profundamente infeliz no seu casamento. Procuram juntas os serviços da farsante, para resolver os seus problemas. No desenrolar da consulta, a falsa vidente ainda está para descobrir que não só engana os outros, como é também enganada dentro do seu consultório pelas suas próprias empregadas, nas quais confiava cegamente: Drasseneta, uma mulher imponente e séria, o seu braço direito; e Grumilda, uma prima aldeola da outra, que veio da terra para” trabalhar” com ela. Quando a” bomba” explode, expondo toda a mentira, eis que surge o seu amante, cantor e malandro, Tónio Piteiro, afinal casado, pondo a nu no final um triângulo amoroso, do qual nenhum dos intervenientes sabia, a cereja no topo do bolo desta trama de embustes, mentiras e falsários… O traidor acaba sozinho e dedica-se à sua música romântica, a arma que usa para seduzir os corações carentes e incautos das suas vítimas, a quem dá o golpe do baú…

Ficha Técnica

Texto e Encenação: Julieta Fernandes

Fotografia: Gabriel Soares

Construção e montagem de Cenário: Américo Lapa e Manuel Lobo

Costureiras: Mila, Estela e Salete

Cartaz: BERCI

Participação Especial: Bruno Fernandes

Produção: Teatro Versátil - Restauradores da Granja

Interpretação:

Madame Bitucu: Julieta Fernandes

Azedruveda Lacaia, dondoca: Ilda Teixeira

Relufa Pingona, dondoca: Fernanda Ribeiro

Drasseneta, a empregada: Jacinta Silva

Grumilda, a empregada: Ana Teixeira

Tónio Piteiro, o amante: Bruno Fernandes