top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Aniversário da Malfeito Associação Cultural realiza-se ao longo de três dias no Café Avenida e Café Verde Pinho

Entre os dias 28 e 30 de março, Fafe volta a acolher a festa que marca mais um aniversário da Malfeito com uma proposta que sublinha a importância de olhar a abrangência do que se produz nos interstícios.



Ao longo de três dias de festa, a associação cultural traz a Fafe doze nomes que vão ocupar dois espaços icónicos da cidade. Revelando um cartaz dedicado à exploração de linguagens distintas e alternativas, o Ano Malfeito recebe o trio brasileiro Deafkids, numa data integrada na tour internacional de apresentação do último disco “Ritos do Colapso”. 

Do Porto chegam os Conferência Inferno, fenómeno melódico-nostálgico nacional que o segundo álbum “Pós-Esmeralda” consagrou: synth pop subversivo levado por narrativas contundentes e imperativas; ou os Cobrafuma, banda que lançou em 2023 o disco de estreia, homónimo, e que tem causado um sincero sobressalto em todos palcos que pisa. Fazem ainda parte do Ano Malfeito dois projetos fafenses: a mítica banda de punk Jesus Cristas e as recém-criadas Chequillas, sublinhando a importância da promotora em dar voz a artistas locais. 

O cartaz completa-se com Gator, The Alligator, Inês Malheiro, BBB Hairdryer, O Triunfo dos Acéfalos, Pearte, A Boy Named Sue e System Sophie. 

O evento celebra o sétimo aniversário desta associação e promotora, que desde 2017 já promoveu mais de setenta e cinco iniciativas culturais e trouxe à cidade de Fafe cerca de 150 bandas nacionais e internacionais.

O Ano Malfeito conta com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, Junta de Freguesia de Fafe e Instituto Português da Juventude e Desporto.




Comments


bottom of page