top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE_edited.jpg
pub site.png
Novo-logo-da-DS.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Fafense acusado de desobediência por violar confinamento.

Tudo terá acontecido no passado dia 16 de maio, durante o primeiro confinamento da pandemia da covid-19. Um fafense ter-se-á deslocado ao hospital de Guimarães para supostamente, se inteirar do estado de saúde de um familiar, num momento em que estava em vigilância ativa, por apresentar sintomas compatíveis com covid-19, sendo agora acusado do crime de desobediência.

A autoridade de saúde tinha notificado o homem por telefone e por e-mail, de que estava obrigado a confinamento na sua residência.



O Ministério Público, numa nota colocada na página da Procuradoria Geral Distrital do Porto, é dito que “Indiciou o Ministério Público que o arguido, residente em Fafe, por ter apresentado sintomas compatíveis com a doença Covid 19, foi classificado como caso suspeito pela autoridade de saúde sendo colocado em vigilância activa e informado, por telefone e por e-mail, de que passava a encontrar-se, de 07.05.2020 a 17.05.2020, em confinamento obrigatório, na sua residência.

E mais indiciou que o arguido, contrariando a obrigação a que estava adstrito, no dia 16.05.2020, saiu da sua residência na cidade de Fafe e deslocou-se até ao Hospital de Guimarães, para se inteirar do estado de saúde de familiar que para ali havia sido transportado.”


Comments


bottom of page