top of page
leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE.jpg
pub site.png
LOGO.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
atelier logo.png
pub site.png
358076610_576253454714813_52943724004093

Morte de Luís Rodrigues: Bruna Letícia presa preventivamente.

O juiz do Tribunal de Instrução Criminal de Guimarães voltou a ouvir a arguida da morte de Luís Rodrigues, ocorrida a 18 de Outubro de 2017 e decidiu colocar Bruna Letícia em prisão preventiva. A decisão do juiz, de alterar a medida de coação de Bruna Letícia, surge também após o mesmo tribunal ter revelado que a arguida será pronunciada pelos crimes de violência doméstica agravada e homicídio qualificado. Entretanto a Fafe Tv apurou que a defesa de Bruna Letícia irá decorrer desta decisão, estranhando o facto de a arguida ser detida quase dois anos após a morte de Luís Rodrigues. Os factos remontam a 18 de outubro, que resultou na morte do jovem Luís Rodrigues, num contexto de ciúmes. Bruna Letícia terá ficado revoltada com o fim da relação com Luís, tendo visto no seu telemóvel uma mensagem de parabéns a uma ex-namorada, após uma discussão, terá atacado o companheiro com uma faca, desferindo-lhe um golpe que se revelaria fatal. No processo constam dados relativos a um comportamento doentio e obsessivo por parte da arguida, que após ter golpeado Luís, terá lavado a faca e colocado junto com os outros talheres. Bruna Letícia terá mesmo ligado para o 112 a pedir socorro, referindo que o namorado se teria cortado no peito. Ouvidas pelo tribunal algumas testemunhas referiram que a arguida afirmou que "apenas lhe queria dar uma lição."




bottom of page