leclerc.jpg
IEES.png
LOGO ERA SITE.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
municipio%20frafe%2008_edited.jpg
logo faftir site.jpg
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
Logo JP 2020.jpg
Image2.jpg
LOGO SITE.png

Plano Ferroviário apresentado: Fafe poderá vir a ter ligação ferroviária a Guimarães e Felgueiras

Pedro Nuno Santos, ministro das Infra-estruturas e António Costa, primeiro-ministro, apresentaram esta quinta-feira, no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), o plano ferroviário nacional, que será agora alvo de discussão pública.

No documento está prevista a ligação do comboio entre Guimarães e Fafe, aproveitando a antiga linha, atual pista de cicloturismo e a criação de uma nova ligação até Felgueiras.


“De facto, restam dois dos lados do Quadrilátero do Minho sem solução de mobilidade e acessibilidade em transporte coletivo, o lado Braga – Guimarães e Guimarães – Famalicão. Acresce que há dois troços desativados de antiga linha férrea que podem ser reaproveitados para um novo sistema de mobilidade ligeira, o troço que liga a Póvoa de Varzim a Famalicão e o que liga Guimarães a Fafe.”, revela o documento governamental.

O Plano Ferroviário Nacional é uma das grandes apostas do governo, que pretende transformá-lo em lei. O PFN é já o resultado de 318 contributos, mas entra esta quinta-feira em consulta pública. Terminada a consulta, voltará a ser examinado pelo governo e submetido à Assembleia da República, em princípio em 2023. O objetivo é torná-lo estrutural, na base do novo mapa ferroviário português para os próximos 30 anos, independentemente dos ciclos políticos.