Direitos reservados. A publicação de conteúdos deste site, impressa ou online, sem autorização, está sujeita a sanções legais.

EMAIL: fafetvtemporeal@gmail.com

CONTACTO: 966301409  

Fafe Tv ©2019

leclerc.jpg
municipio frafe 08.2018.png
INTERMARCHE LOGO SITE.jpg
iesfafe-01.jpg
LOGO ACR SITE.jpg
Image1.jpg
LOGO JORGE PINHEIRO SITE.jpg
  • Redação

Restauradores da Granja: Percurso das Fisgas de Ermelo, com descida às Piocas de Baixo


As condições escaldantes que se fizeram sentir no passado domingo, dia 18 de junho DE 2017, convidavam mais a uma ida à praia ou a um passeio na comodidade do ar condicionado do centro comercial ou do automóvel.

Mas mesmo assim, o G.C.D. Restauradores da Granja levou os seus montanhistas/pedestrianistas a percorrer a PR 3 MDB – Fisgas de Ermelo, com descida às Piocas de Baixo, no Parque Natural do Alvão.

O percurso iniciou-se na típica aldeia de Ermelo com as suas construções de xisto e lousa, passou sobre a ribeira de Fervença e subiu pela margem do rio Olo, alcançando a estrondosa cascata das Fisgas de Ermelo. Ao redor a vista alcançava o monte Farinha (Senhora da Graça) e uma paisagem magnífica sobre as montanhas circundantes.

Até à aldeia de Varzigueto foi um pulo. Aqui retemperaram-se forças e energias com uma pausa maior para almoço (destaque para a deliciosa patanisca) e descanso.

Saindo de Varzigueto, o percurso atravessou o rio Olo e seguiu por um bonito caminho que levou os participantes até ao Miradouro das Fisgas – uma outra encantadora perspetiva sobre a imponente queda de água.

Daqui o percurso desceu pela margem contrária do rio Olo. Neste troço encontra-se o acesso às Piocas de Baixo – pequenas lagoas de água cristalina que convidam a um banho refrescante. E foi isso mesmo que os participantes fizeram.

Vencida a última dificuldade, a subida desde a ponte da Abelheira até Ermelo, foi tempo para o lanche final, com a tradicional partilha das iguarias que cada um presenteia todos os outros companheiros.

Como não há aventura sem herói, esta também teve o seu: foram todos os seus participantes. Foram-no porque souberam vencer todas as dificuldades com que se depararam ao longo do dia. Souberam sofrer e mostraram vontade de chegar. Desfrutaram da Natureza e da camaradagem. Superaram-se e alguns até descobriram que afinal são capazes de coisas que desconheciam.

Mas sobretudo, são heróis pela coragem que tiveram em dizer sim à sua participação numa aventura difícil e em condições muito exigentes. E esta simples mas fundamental decisão, trouxe aos participantes o merecido prémio de terem passado um dia harmonioso com a Natureza e com os outros.

O próximo desafio do calendário de montanhismo/pedestrianismo dos Restauradores da Granja decorrerá no dia 16 de julho de 2017, com a realização da primeira etapa da GR 43- Grande Rota do Património e do Ambiente das Terras Altas de Fafe.

Fotoigrafias: Gabriel Soares / RG